Seguidores

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Sonho de Papel

Me sentia fraca, frágil
Foste chegando de mansinho
Me prometeste o céu
E então em teus braços me atirei
Passaram -se os dias
O tempo correu, morreu
E o céu que me prometeste
Nunca saiu do papel.
Geninha®
Melancolia

Uma melancolia intensa
Deitou-se sobre minha alma
Sufocou meu coração
Fez brotar lágrimas dos meus olhos
Que tristes e sem brilho
Buscam desesperadamente uma saída
Onde errei?? Não sei
Estou aqui perdida sem teu amor
Preciso urgentemente me encontrar
E assim voltar a viver
Mesmo que seja sem ti.
Geninha®
Uma lágrima teimosa caiu
Molhou, manchou o verso de amor
Que fiz pensando em ti.
Geninha®

Agora somos só nós
Eu e a solidão
Travando uma insana briga
Pois meu coração não se acostumou
A ficar sozinho.
Geninha®
Perdida

Preciso ficar assim
Quietinha, sozinha
Sem cobranças, sem espanto
Quero, almejo tanto
Encontrar minha paz perdida
Num dia destes qualquer.
Geninha®
Calado

Não fale nada,prefiro que se cale
Nada que me disseres
Me fará de novo enxergar
O homem que um dia me prometeu
O paraíso.
Geninha®
És meu, sou tua
Assim estava escrito
E assim sempre será
Simples assim
Geninha®
Deixes teu coração falar
Não sufoque seu grito desesperado
Que me chama o tempo todo.
Geninha®