Seguidores

domingo, 24 de julho de 2011

Tarde Demais

Apenas olhe nos meus olhos,
não fuja deles.
Tens medo de amar,eu bem sei.
Mas já é tarde agora,sabes que teu
coração é meu.Não brique contra
o inevitável.
Acredites em mim, te farei tão feliz
como jamais foste.
Geninha®
Renascimento

Deixei meu coração me guiar.
Não pensei em nada, não medi
os prós ,muito menos os contras.
Apenas segui o brilho dos teus
olhos,que me encantavam.
Assim feito uma miragem andei
ao teu encontro. Tua boca meu
oásis, teu corpo meu descanso.
Mergulhei em ti, a felicidade
cantou feito passarinho dentro
de mim.Toda aquela aridez do
meu coração se transformou
em um lindo jardim.
Teu amor me fez renascer e a
primavera encheu de cores todos
meus dias.
Geninha®

Apenas Um Amor

Era tão somente uma menina
encantada com a vida.
Seu desejo era apenas ser feliz.
Trilhou vários caminhos, colhendo
flores por onde passou.
Passou noites em claro, sonhando
o sonho lindo que idealizou.
Era tão somente uma menina que
queria um amor.
Um amor de verdade, um amor
para sempre. Amor de contos de
fadas,sem dor...
Geninha®

Descrição

E chovem palavras,caem leves
no solo do meu coração.
Tento organizá-las, para fazer
mais uma poesia que fale de
ti,que fale de mim.
Que descreva nosso amor.
Geninha®
Flores de Amor

Qual semente saudável, pronta
para germinar nas terras férteis do
meu coração,teu amor abrigou em
mim.
Agora tenho flores de amor por
todos os cantos de minha alma.
Flores que encheram de cor e
alegria a minha vida.
Geninha®
Prece

Se acontecer de saber que sumi
e não me veres por aí .
Por favor, faça logo uma prece.
Pois com certeza já virei estrela
e fui para o céu.
Mas não se engane amor meu,
até mesmo tão distante estarei
pensando em ti.
Geninha®

Aventura de Amar

Tanto sentimento represado neste
peito de menino, tanta emoção
para aflorar!
Tens medo do amor, não queres
arriscar. Mas te digo Meu Menino,
o amor, assim como a vida é uma
aventura gostosa de provar.
Geninha®
Se Pudesse

Ah ! Se eu pudesse jamais deixaria
que sofresses.
Não deixaria cair de teus olhos negros
nem uma lágrima sequer.
Ah ! Se eu pudesse não deixaria que
tua vida escurecesse.
Te daria sempre o sol no teu amanhecer.
Faria de teu viver um jardim encantado,
onde voassem pássaros e pousassem
borboletas.
Ah ! Se eu pudesse ficaria sempre contigo,
feito Anjo Protetor.
Andaria sempre ao teu lado, seria assim
teu grande amor.
Ah ! se eu pudesse...
Geninha®

Tua Morada

Vagueias pelo meu pensamento,
entre estrelas e nuvens encantadas.
Aqui dentro de mim , moras com
endereço certo.
Tens pousada no meu coração,
brinca feito um menino, correndo
nos jardins de minha alma.
Um salto ali, outro acolá...
Muitas vezes sinto estremecer
meu peito.
Sei que és tu, nem preciso me
incomodar.
Geninha®
Meu Medo

Te amo tanto, tanto !!
Mas não quero nunca te dividir,
com ninguém.
Tenho sangue quente,feito fera
não tenho medo de brigar pelo
que quero.
Mas também sei recuar,admitir
minha derrota,mesmo que isto me
custe vários anos de hibernação.
Mas quando de novo o sol nascer,
voltarei a ressurgir.
Com medo de novo de amar,mais
uma vez,com medo.
Medo que fizeste meu coração
perder.
Geninha®
Teu Silêncio

Se te silencias,me aperta o peito.
Almejo num desespero saber o que
pensas.
Tenho medo do silêncio, porque neles
os sentimentos ficam aflorados.
Me apavora a hipótese de perder-te.
Geninha®
Momento Exato

Qual Anjo Caído estava quando
chegaste.
Teus olhos pousaram nos meus,
num toque leve acariciaste meu
rosto.
Nada disseste,me levaste de
encontro ao teu peito.
Senti teu coração acelerado,
tremi.
Foi neste exato momento
que me apaixonei por ti.
Geninha®
Guerra de Sentimentos

Hoje o dia está nublado,
assim como meu coração.
Venta forte, faz bagunça
dentro de mim.
Tantos sentimentos em
rodopios, espalhados.
Desoriento-me em uma
tentativa louca de colocá-los
em ordem.
A raiva, o ciúme,a revolta e
a dor travam guerra em meu
peito. Enquanto que o amor
senta ,observa,espera paciente
a hora de tudo se resolver.
Ele sempre dá um jeitinho!
Geninha®
Esperar

Queria que tudo fosse diferente.
Não queria estar assim.
Peito apertado, lágrimas nos olhos,
saudades de ti.
Mas não tem nada que posso fazer,
a não ser esperar, esperar-te...
Geninha®
Se não for amor de verdade,
o tempo se encarrega de destruir.
Lança flechas de veneno,deixa
tudo tão machucado.
Que para se livrar da dor,abrimos
mão do suposto amor.
Geninha®

terça-feira, 19 de julho de 2011

Quero acordar e sentir a alegria
de um sorriso,o calor de um abraço,
a doçura de um beijo.
Quero acordar e ter a doce visão
de tua presença ao meu lado.
Geninha®
Quando te vi, corri.
Não resisti à tentação de
estar em teus braços, de
provar dos teus beijos.
Geninha®

Me pegaste no colo, olhaste em meus
olhos,colaste tua boca na minha.
Só pude dizer que te amava, no silêncio
do nosso beijo ardente.
Geninha®
Ainda sinto aquele beijo, cheio
de desejo,ternura e paixão.
Foi o nosso primeiro.
O tempo parou.
Ali éramos só nós dois e mais
ninguém.
Geninha®

Vale a Pena

No caminho que escolhi para trilhar,
existem pedras. Algumas são pequenas
e as retiro com um sopro de esperança.
Outras grandes que exigem esforço e
coragem, mas nada que me faça desistir.
Pois sei que neste caminho também
existem flores, e que por inúmeras vezes
sou seguida por pássaros e borboletas.
Vale a pena viver, vale a pena acreditar
que a vida pode ser azul.
Basta querer ser feliz !
Geninha®
Deito-me em teu colo, me afagas.
Me sinto protegida , sei que ao teu
lado não sentirei mais o frio da solidão.
Geninha®

Teu rosto, era apenas mais um.
Até me encantar com tua essência,
sentir teu coração,entender tua alma.
Hoje teu rosto é minha mais terna
visão do paraíso.
Geninha®
Fixação

Passaste por mim,sorriste
malicioso.Como imã teus olhos
fixaram aos meus. Decifrei o
enigma que trazias naquele
olhar e sem culpa nos amamos.
Sabemos agora que jamais
conseguiremos nos separar.
Geninha®

Quando te vi, meu coração
estremeceu dentro do peito.
Tentadora visão do paraíso,
que fez minha alma cantar de
alegria.
Geninha®

Hoje um silêncio toma conta de mim.
Nem mesmo o grito desesperado de
meu coração sofrido, minha alma escuta.
Geninha®

Teu riso me acalma,tua voz é bálsamo.
Sabes transformar nuvens negras,
em um sol de alegria.
Geninha®
Nada é para sempre,tudo se esvai com o tempo.
Mas se pudesse pedir aos Anjos,pediria a
eternidade junto contigo.
Geninha®
Um dia vou acordar e ver
tudo diferente.
Te ver sorrindo,te abraçar
e poder te dizer baixinho
"Te Amo Minha Vida ".
Geninha®
Amo quando tuas mãos atrevidas
passeiam pelo meu corpo, provocam
arrepios, despertam desejos.
Geninha®
Atrevidamente

Amo-te com paixão,com ardor.
Atrevidamente amante e mulher.
Desvendando teus mistérios,
acariciando tua alma.
Te fazendo saborear as delícias
de um amor,que nunca antes
havia sentido.
Geninha®
Longe, bem distante mora um Anjo,
que povoa meus pensamentos,
invade de amor minha alma,
me faz tão feliz.
Geninha®

Não sei de onde vem esta
força que me leva de encontro ao
teu abraço.
Só sei que me faz bem.
Isto me basta.
Geninha®
Quando sinto o frio da solidão
a me maltratar a alma, é certo
que te afastaste de mim.
Geninha®
Nada me fará desistir dos meus
sonhos. Eles são tão intensos,que
por vezes me soam como uma
doce realidade.
Geninha®
Só peço aos céus que em teu peito
sempre permaneça este amor que tens
por mim.Felicidade tem teu nome.
Geninha®

Prazer é te ter, ver teu riso,
sentir nosso cheiro, depois do
amor que a gente fez.
Geninha ®
Agora só te quero comigo,
para acalmar meu coração,
aquecer minha alma.
Não te demores amor meu,
sem ti não sei mais existir.
Geninha®
Sinto o frio da saudade que
congela meus sentidos, estou
sem rumo como uma folha ao
vento,em um triste dia de inverno.
Geninha®
Hoje estou assim meio sem mim,
coração pequenino,alma calada.
Parece que o tempo parou.
Geninha®

domingo, 10 de julho de 2011

Sou feito lua, tenho fases.
Quatro? Não sei.
Mas me parece que são mais.
Muito mais.
Geninha®

Sabes o quanto me fazes bem.
Sabes o quanto meu coração precisa
de ti para bater feliz.
Mas, mesmo quando me fazes chorar,
ele não deixa de te amar.
Geninha®

Não te peço muito.
Só quero que entenda a
urgência de minha alma.
Em ser feliz, contigo.
Geninha®
Riscos

Quando estou apaixonada,
fico assim , meio fora de mim.
Pareço menina, adolescente ,
que se descontrola ,faz cena.
Tudo vira drama, só de pensar
que aquele a quem ama pode
voar por aí sozinho.
Mas, depois da revolta, a razão
me chama à tona. E vejo que amar
é uma doce e louca aventura e que
como em qualquer aventura,
os riscos são muito prováveis
Geninha®
Adoro quando dizes baixinho
ao meu ouvido que me amas.
Tua voz soa como música,entoada
por uma legião de querubins.
Geninha®
Te quero inteiro.
Sem mais , nem menos.
Te quero assim como és,
todo só para mim.
Geninha®

Um dia sei que entenderás,
não questionarás minha pressa,
minha urgência.Já chorei demais
nesta vida e em ti encontrei o
amor que minha alma, há tempos
ansiava.
Geninha®
Sem ti, morro.
Corro sem rumo,sem direção.
Meu coração sangra, minha
alma grita em um desespero
insano. Tudo parece parado,
menos a angústia que aumenta
a cada segundo que passo sem
teu abraço.
Geninha®
Sou toda coração.
Muito raramente a razão
fala mais alto.
Talvez seja por isto que
vivo sempre encantada
com a vida, com o amor.
Geninha®
E de repente teu amor desaguou
em meu peito, feito rio que encontra
o mar.Lindo espetáculo de se ver,
doce prazer de se sentir.
Geninha®

Opostos

Existem duas feras dentro de mim.
Uma irracional, louca, ciumenta, que
vive brigando com a vida, com todos ,
não se cansa de defender tudo
que acha e sente ser seu, só seu.
A outra é fera domada, calada.
Às vezes ruge baixinho, mas só para
não ser tachada de fraca.
Esta gosta de carinho, de um colo, é
manhosa, dengosa.
Mas passa a maior parte do tempo
sozinha em seu canto.
Duas feras trancadas em um corpo
de mulher, que mesmo por tanto
tempo ainda não se acostumou com
elas.
Geninha®