Seguidores

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Cara à Tapa

Sou guerreira, não temo ventos,
nem tempestades.
Enfrento a vida, dou a cara à tapa
para realizar meus sonhos.
Não existem muitas coisas que me
fazem bater em retirada. Só não
gosto do vazio que tua ausência
causa em mim. O resto sempre dou
um jeito.
Geninha®
Necessidade de Ser Feliz

Talvez eu fique suspensa entre
a realidade e meus sonhos.
Neste vão que se forma, fatalmente
ficam disformes meus anseios.
Nunca pedi muito à vida, só pedi
um amor de verdade,que entendesse
minha necessidade louca de ser feliz,
só um pouquinho. Me bastaria.
Geninha®
Sussurro

Somem tuas palavras em meio
aos meus pensamentos.
Há tempos não falas comigo,
te foste de mim.
Já quase não me lembro mais
do timbre de tua voz. Em um
esforço descomunal consigo
ouvir o sussurrar de teus lábios
dizendo que me amavas. Foste
tuas últimas palavras ao me
deixar ali sozinha.
Geninha®
Coração Bandido

Tenho no peito um coração que ama
demais, mas vive dependurado.
E ao sabor de minhas emoções, às vezes
parece feliz, sorri e brinca. Mas tem dias
que ele se desespera, fica inquieto, me
deixa ansiosa, sem um caminho à trilhar.
É como se este coração bandido mandasse
em mim.
Pior , ele manda !!
Geninha®
Se sentir saudades,me liga.
Me chame à qualquer hora, não se
importe se for de madrugada.
Durmo sempre pensando em ti ,
se me ligares saberei que estás
também pensando em mim.
Geninha®
Inesquecível

Lindo como um príncipe.
Olhar expressivo, sorriso maroto.
Tremi quando me olhaste e de
súbito seguraste minhas mãos.
Me levaste até teu peito, me
beijaste a boca com sofreguidão.
Unimos ali nossas vidas,naquele
beijo quente, ardente, inesquecível.
Geninha®
Melodia de Um Amor

Me tinhas no teu colo, embaixo
de uma chuva torrencial.
Rodopiamos, ao sabor do nosso
amor.Molhamos alma e coração.
Dançamos a melodia de um amor
sem fim, abençoado pelos deuses
da natureza.
Impossível de esquecer.
Geninha®
Um grito se ouve no silêncio
da noite. Apavora,alerta meu
peito, que assustado se zanga.
É o grito deste meu coração sem
juízo que agora esta sofrendo de
amor.
Geninha®
Tento te buscar, te trago
para os meus sonhos .
Neles tu és meu, ninguém
te tira de mim.
Geninha®
Longe de ti meus caminhos
são escuros, sem vida, sem
cores.
Mas se tem que ser assim,
tenho que me acostumar.
Aprender a andar com cautela,
para não cair de novo e ralar
o coração.
Geninha®
Se compreendesses um pouco
minha alma, entenderia a
dimensão do meu amor por ti.
Geninha®
Agora só me resta afogar
meus sonhos, matá-los
um a um. Dá pena,eles são
tão lindos!
Geninha®
Tudo muda, tudo passa,
o tempo é cruel, rasga a
vida, escancara a realidade.
Me vejo sozinha, com esta
agonia que sufoca o peito,
me fazendo chorar.
Mas nada que o tempo não
possa resolver, é esperar
para ver.
Geninha®
Quando não se aguenta os trancos,
fica impossível almejar alguma coisa.
Desejos sempre vem acompanhados
de desafios,precisa-se ser guerreiro
para bater de frente com a vida.
Geninha®
Sempre quis um amor assim.
Gostoso,arteiro, alegre.
Sempre quis...
Mas a vem a vida e coloca as
reticências.
Geninha®
Quando estiveres feliz,
me diga um Oi, deixe
recado na caixa postal.
Me faz bem saber de ti.
Geninha®
Te amar é como acordar
em um jardim encantado.
Sonhar acordada,com o beijo,
o cheiro, o gosto.
Um sonho tão intenso que te
sinto aqui, sinto tuas mãos,
teu respirar.
Ficas impregnado em mim.
Geninha®
Cada pedacinho do meu corpo
te chama, clama, chora.
Sufocada nesta tua ausência sei
que cada dia que passa, morro um
pouco longe de ti.
Geninha®
Queria só que não existisse este
silêncio, que atormenta minha paz.
Me tira o chão, me deixa com um
vazio imenso no peito.
Vazio que engole todas minhas
esperanças.
Geninha®
Hoje acordei com uma vontade
de mudar tudo.
Fazer uma faxina interna,jogar fora
tantas coisas.
Ordenar por prioridade, mas estou
com preguiça de mim, deixe então
tudo como está.
Geninha®
Despertou então o que ela mais temia.
O monstro da solidão mostrou de novo
suas garras.
Pela madrugada adentro ela travou com
ele uma guerra insana, chorando o pediu
que a deixasse em paz. Ela queria apenas
e tão somente dormir.
Geninha®
Transbordam de meus olhos lágrimas
que me molham o coração,a alma,
o corpo.
Tudo salga, tudo fica intragável,nem
eu mesmo me tolero.
Geninha®
Venhas comigo, se arrisques,
faça tua vontade pelo menos
uma vez, sem medo.
Juro que te farei feliz, como
jamais foste.
Geninha®
Se acabam os sonhos,cessa a vida.
Que fica calada, quieta, sem movimento
algum,presa no peito de uma mulher que
amava demais.
Geninha®
Não imploro amor de ninguém,
se quiser me amar, tem que ser
de coração.
Se assim não for o melhor é ficar
só, mesmo que custe dias,meses,
anos de solidão.
Geninha®
Não precisas fazer nada.
Não digas nada também,
teu silêncio ecoa como um
grito ensurdecedor dentro
de mim.
Escuto teu coração,entendo
tua mensagem cifrada,silenciosa.
Geninha®
Se sonho, te tenho. Se a realidade
me desperta, morro sem ti.
Geninha®

domingo, 11 de dezembro de 2011

Te Darei Tudo

Para que nunca sofras,farei dos
teus dias, eternas primaveras,
pintarei de azul todos teus dias.
Te darei o sol para te aquecer,
a chuva para te refrescar, a lua
para que tuas noites sejam claras,
sem fantasmas de solidão.
Te darei o meu amor sem limites.
Te darei tudo e mais um pouco,
somente para que nunca sofras.
Geninha®
Um Dia Acordarei

Um dia tudo irá se transformar.
Vou acordar sem esta saudade,
até me assustarei, a dor terá ido
embora.
Meus lábios sorrirão, cantarei uma
canção, deixarei extravasar toda
emoção contida em meu coração.
Acordarei feliz, com ou sem ti.
Um dia acordarei...
Geninha®
Passo os dias a te esperar.
Uma espera incansável, incompreensível
para aqueles que não sabem o que é o amor.
Te espero, aqui, com dor, sem dor,
te espero...
Geninha®
Rei

Chegaste assim feito furacão,
me deslocando do chão .
Sacudiste meu coração, fizeste
bagunça em minhas emoções.
Eu já não era mais eu, mudaste
tudo de lugar, inverteste posições.
E agora és rei dentro de mim.
Geninha®
Certeza

Em um céu azul de emoções,
pintei meu coração com cores
fortes, vivas, cheias de paixão.
Tatuei nele teu nome, agarrei-me
às tuas promessas. Certa de que
não mais sofrerei por amar tanto
assim.
Geninha®
Brincando Em Meus Pensamentos

A noite cai, quente, calma.
Um silêncio se faz dentro
de mim.
Não queria que fosse assim,
não queria ter apenas que
te imaginar. E em um esforço
descomunal te trazer até aqui,
para ficar brincando em meus
pensamentos.
Geninha®
Solidão me cansei de ti.
Por favor vá te embora.
Não te quero mais aqui.
Vou me vestir de alegria,
me pintar de poesia.
Sair por aí e te ordeno,
não venhas atrás de mim.
Geninha®
Jardim do Amor

Um sol de amor raiou.
Clareou tudo, aqueceu meu
coração.
Como magia te trouxe para
mim. Chegaste como um raio,
pintando minha vida de dourado.
Tudo aqui dentro do meu peito
está bonito, feito um jardim
florido e encantado.
Geninha®
Cócegas no Coração

Passa o tempo, passa a vida.
Tudo se transforma, muda.
Só o que sinto por ti continua
aqui, vivo, aceso feito brasa.
Às vezes queima, arde por
dentro, mas é uma dorzinha
gostosa de se sentir.
É saudade fazendo cócegas
no meu coração.
Geninha®
E mais um dia nasceu e por ironia
do destino a saudade veio junto.
Dá vontade de voltar a dormir, assim
posso te ver nos meus sonhos.
Geninha®

sábado, 3 de dezembro de 2011

E ela saiu por aí, não se importou
com a chuva torrencial.
Queria lavar a alma, gostava de
fazer isto.
Geninha®
E agora que ele se fora,
nada mais importava, tudo
havia ficado muito vago.
Mas a sua alma de menina
abrigava muitos sonhos .
Talvez em um dia qualquer,
ela voltaria de novo a sonhar.
Geninha®
Uma Vida a Te Esperar

Te esperei toda uma vida
contada a cada minuto.
Te esperei, vi tudo mudar de
lugar,vi o menino crescer,
vi o velho morrer.
E eu sentada ali, nem me dei
conta que o tempo também
passava pra mim.
Nem me preocupei em me olhar
no espelho, refazer a maquiagem.
Não me lembrei de nada, nada
fiz a não ser te esperar.
Geninha®
Nova Mulher

Vou sair por aí, sem destino certo.
Vou dar asas à minha imaginação,
vou voar alto, observar tudo lá de
cima. Cansei de ficar com os pés
fincados no chão, séria, sisuda,
preocupada com a vida.
Agora quem me amar que me ature.
Acaba de nascer uma nova mulher.
Geninha®
Saudade Doída

Te amo de uma forma tão diferente.
Jamais me senti assim, coração aos
saltos, uma ansiedade louca.
Vontade de te ter toda hora, sem hora.
Necessidade de pele, de toque, de cheiro.
Talvez agora eu saiba como é doída a
saudade que os poetas sempre falam
em seus versos.
Geninha®
Nítida Visão

A visão do teu rosto continua
nítida aqui dentro da memória.
Teu jeito, teu riso, tudo em ti ,
ainda está aqui comigo.
Não consigo ficar sem pensar
no amor que a gente fez.
Não consigo esquecer o beijo
que me deste quando te foste
embora.
Ainda sinto teu gosto,teu cheiro,
teu toque, tudo em mim.
Geninha®
Desligada do Mundo

Hoje eu não estou para ninguém,
 só estou para mim .
Vou me desligar de tudo, tirar
tudo da tomada, ficar Off ,
desconectada deste mundo.
Me jogar na cama, dormir
o sono dos justos, sonhar
que estás aqui comigo.
Andar de mãos dadas, correr
na chuva, girar, até nos cansar.
Deitar na grama, adivinhar
imagens nas nuvens, comer
algodão doce, nos lambuzar
feito duas crianças. Rir muito,
sem parar, rir de tudo, sem
motivo.
Mas pedir aos céus para que
nossos risos não me acordem.
Geninha®
A Saudade e a Rosa

Sobrou daquele amor, apenas
uma rosa,que beijaste e me deste.
Como se faz os enamorados eu a
guardei,entre páginas de um velho
livro que há muito eu não abria.
Mas a saudade chegou demente e
de súbito o abri,a rosa continuava
ali,ainda não havia murchado.
Assim como meu amor por ti.
Geninha®
Não Chores

Não chores amor meu,
estou aqui contigo.
Deixes que eu te diga que
és tudo para mim, que nunca
vou te deixar só.
Enxugues teu rosto, esqueças
tudo o que te aflige.
Sabes que sou tua e que
nada nem ninguém irá nos
separar.
Geninha®
Voo como borboleta, leve e colorida.
Pouso ali e acolá. Nada me prende, só
quero apreciar o que de mais lindo a
vida tem. Liberdade é meu nome,nasci
para voar.
Geninha®
Saudade Doída

Passo os dias pensando em ti.
Ao amanhecer a saudade bate e
dói, tento então ignorá-la.
Mas ela é teimosa e desobediente,
não me larga o dia todo.
E a noite quando me deito, lá está
ela a me incomodar.
Geninha®
Cuidados

Não quero sofrer, não quero chorar.
Então amor meu, segure firme a minha
mão, não me deixe nunca sozinha.
Preciso do teu amor, do teu abraço e
de todo teu carinho.
Nunca me deixe esperar por muito
tempo, sou como uma flor, preciso de
cuidados, nem que seja de vez em
quando.
Geninha®
Tão Só

Só eu sei o que sinto quando
te afastas de mim. Fico sem
chão, fico sem ar,meu coração
se esconde, meus olhos só
querem chorar. Por isto e por
muito mais só te peço meu amor,
nunca mais me deixes tão só.
Geninha®