Seguidores

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Tudo muda, tudo passa,
o tempo é cruel, rasga a
vida, escancara a realidade.
Me vejo sozinha, com esta
agonia que sufoca o peito,
me fazendo chorar.
Mas nada que o tempo não
possa resolver, é esperar
para ver.
Geninha®

Nenhum comentário:

Postar um comentário