Seguidores

domingo, 28 de novembro de 2010

Chega de ilusão !
Tranquei no peito meu coração.
Sem direito a queixas ou reclamação.
Sem condicional.
Ficará assim até aprender
Que se deve ter cuidado
ao se entregar.
Geninha®
Sou aquela lágrima
que teima em cair,
quando de súbito
te pegas pensando
em mim.
Geninha®
Tudo Passa

Tudo passa , tudo se esvai
Passa a dor, a decepção
Passa o sofrimento, passa o tempo
Tudo passa, tudo tem fim
Só meu amor por ti é eterno
Dentro de mim
Geninha®
Só queria voltar no tempo.
Congelar momentos
Mas o tempo passou e
agora estou aqui,
perdida sem ti.
Geninha®
Hoje só quero descansar
minha alma,
ficar assim quietinha,
não pensar em ti,
nem pensar em mim.
Geninha®
O amor é carinho, paixão,
respeito, liberdade.
Se não for assim,
então não é amor.
Geninha®
Sinto saudades de ti,
falta daquele teu jeito meio sem jeito,
do teu amor incondicional
que a mim tu dedicavas.
Mas o tempo passou e
te levou para longe
do meu coração.
Geninha®
Quero a paz de um sorriso,
a ternura de um abraço.
Quero toda a alegria do
mundo explícita
em meu olhar.
Geninha®
Não tivemos culpa,
o tempo se encarregou
de deixar o amor ir embora.
Melhor assim !
Geninha®
Ás vezes é preciso ficar só,
apenas com a gente mesmo,
dar liberdade para nossa alma,
não ficar o tempo todo à mercê
de desejos alheios.
Geninha®
Depois da tempestade,
sinto o vento fresco da
liberdade que levemente
me acaricia. Adoro ficar
assim,alma livre,
feito sabiá.

Geninha®

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Me despi de pudores
Me cobri com tua pele
E suavemente senti
Teu amor me invadir
Por inteiro.
Geninha®
Corpos que se abraçam
Se tocam, não se cansam
Força descomunal, avassaladora
Que move, arrebata
Dois corações que se amam.
Geninha®
Poesia

Céu claro de pensamentos
Luz que irradia em palavras
Como magia navega no coração
E faz nascer uma linda poesia
Poesia que fala de amor
Poesia que fala de ti.
Geninha®
Vida

Vida , vivida
Amada, sonhada
Vida nos teus olhos negros
Nos teus beijos quentes
No calor do teu abraço
Vida repleta de sonhos
Inteiramente idealizados
Por nós dois.
Geninha®
Teus Caminhos

De ti sei todos os desejos
Do teu corpo conheço
Todos os caminhos
Realizo tuas fantasias
Te faço ir aos céus em segundos
E adormeces agarrado ao meu corpo
Para depois acordar sorrindo
E me dizer entre risos
Te Amo Meu Amor!
Geninha®
Sagrado

Sentimento alucinado
Ansioso, sagrado
Que corre pelas veias
Aperta o peito,alucina a mente
Invade toda a consciência
E me deixa todo tempo
O tempo todo pensando
Em ti.
Geninha®
Loucura

O grito ensurdecedor deste silêncio
Me aterroriza a alma,fico sem paz
Fico sem alento
Sem ti sou sombra
Que tem medo da noite
Que não suporta o dia
Desprovida de esperanças
Morro lentamente
Pois sei que não mais voltarás
Para devolver minha vida perdida.
Geninha®

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Anjo

Dentro de mim mora um Anjo
Que sunsurra palavras doces
Ao ouvido de minha alma
Acaricia meu coração
Nas noite insones e frias
Quando a solidão me maltrata
Me acalma quando a vida briga comigo
Este Anjo nunca me abandona
Vive cantando e feliz
Este Anjo se chama Esperança.
Geninha®
Declaração

Em uma folha branca
Depositei meus sentimentos
Expostos, revelados em palavras
Francas , sinceras, puras
Meu coração se aquietou
Mesmo não sabendo o que farás
Sabes agora de toda minha dor
De toda minha tristeza
De todo meu amor
Me libertei, não vou mais chorar
A vida nasce a cada amanhecer
Preciso e vou renascer com ela.
Geninha®
Frieza

Frias são as palavras
Que brotam de tua boca
E que se chocam com o calor
Deste amor que sinto por ti
Trazendo para meu coração
Um silêncio profundo, vasto
No qual me afogo
Entre ais e lágrimas.
Geninha®
Vontade

Estou assim meio sem mim
Com o coração nas mãos
Com o peito apertado
Com uma vontade de voar
Libertar minha alma
Conhecer novas paragens
Tomar banho de mar
Andar sem destino, sem pressa
Olhar o sol se pôr
Não ter que ficar aqui
O tempo todo pensando em ti.
Geninha®
Alma Gêmea

Alma gêmea de minha alma
Que sempre me acompanha
Estamos ligados pelo elo
Do amor e da eternidade
Meus pensamentos são teus
Te busco, te acho
Mas não vives para mim
Trilhamos caminhos diferentes
Impostos por escolhas
Por fatos, relatos insanos
Mas sei que nunca nos perderemos
Nascemos um para o outro
Almas gêmeas que sempre se procurarão
Por toda eternidade.
Geninha®
Quero teu colo
Quente , seguro
Só para descansar
Minha alma
Que num dia triste
Te deixou partir.
Geninha®
Magia

Magia é te olhar nos olhos
É tocar de leve tua face
È sentir tua respiração
Magia é deitar no teu corpo
Em um instante de amor
Magia é te amar
Sem pressa,nem hora de acabar.
Geninha®