Seguidores

domingo, 15 de novembro de 2009


Rotina

Não foi morte súbita
Nosso amor definhou
Por longos anos
Choramos ao vê-lo
Inanimado e sem vida
Mas por fim entendemos
Que fora melhor assim
Um grande amor 
Deve renascer a cada dia 
E a rotina foi o veneno
Que matou o nosso amor.
♥ Geninha ♥

Nenhum comentário:

Postar um comentário