Seguidores

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Intimidade

Descortina diante de mim
Tua nudez, tua carne
Viva, acesa, despudorada
Meus olhos brilham
Acendem feito tochas
Candelabros iluminados
A te fitar, a te admirar
Desencadeando reações
Nos devoramos
Bocas, mãos , corpos
Como num jogo sem regras
Delirante, arrebatador
Nossa intimidade explícita
Neste louco encontro de amor.
Geninha®

Nenhum comentário:

Postar um comentário