Seguidores

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

De Repente

De repente o silêncio
Tudo parou, calou
Só minha alma
Esta gritou em um instante
De amor e de dor
Não me deixes aqui
Sozinha , sem ti.
Geninha®

Nenhum comentário:

Postar um comentário