Seguidores

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Sem Censura

Deságua em meu peito
Qual cachoeira encantada
Percorrendo todo meu corpo
Misturando-se ao meu sangue
Quente, vermelho, carmim
Um sentimento avassalador
Que mexe com minhas estruturas
E reflete em meus olhos
Mostrando sem censura
Todo amor que sinto por ti.
Geninha®

Nenhum comentário:

Postar um comentário