Seguidores

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Simplesmente

Tão simples, tão singular
É este amor que trazes no peito
Simples como sol de verão
Como flor na primavera
Como chuva que enche o rio
E por ser tão simples
Simplesmente é um amor
Formoso, exuberante
Que salta dos teus olhos negros
Que brota em tua pele morena
E vem sempre de encontro
Ao meu coração
Que nunca se cansa de te amar.
Geninha®

Nenhum comentário:

Postar um comentário