Seguidores

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Para Onde Fores

E as horas passam,eternas,
se arrastam.
Meu coração se inquieta, minha
alma sente frio.
Um vento passa, nem me vê,
assim como as pessoas que
vão e vem .
Ali parada, meus olhos te buscam,
ansiosos.
E quando te vêem eles brilham,
corro, te abraço. Nada falamos,
me pegas pela mão e me levas
contigo.
Nem pergunto para onde, contigo
vou para onde fores.
Geninha®

Nenhum comentário:

Postar um comentário