Seguidores

quinta-feira, 1 de outubro de 2009



Entrega

  Amo teu olhar calmo
Tua fala doce
Este teu jeito 
Sem jeito
Quando me tomas nos braços
Me beijas a boca com sofreguidão
Sunsurras palavras de amor
Me juras amor eterno
Com convicção
Me desarma
Me sinto tua
Me entrego
Nem penso
Se depois irás partir
Não ficarás para ver
No amanhecer meu despertar
E nos meus lábios um sorriso
Não ficarás para me abraçar
E então repetir tudo de novo.
[Geninha]

Um comentário: