Seguidores

domingo, 4 de outubro de 2009

Seu jogo


Que queres de mim?
Porque me olhas assim?
Parece me despir
Pare de brincar comigo
Não sabes o perigo
Pois as vezes perco o juízo
Jogo fora meus pudores
Entro de cara no teu jogo
Sem medo de me perder
E depois de várias partidas
Me retiro de campo
E te deixo perdido
Com jeito de menino
Que perdeu seu brinquedo
Por isso te digo
Não brinques comigo
Mas se quizeres
Nem precisas pagar para ver.
[Geninha]


2 comentários: