Seguidores

quarta-feira, 14 de outubro de 2009


Sintomas do Amor

O amor dilata dentro do meu peito
Que a cada dia fica cada vez menor
Quero um lugar ao sol
Mas a realidade do momento
Me transforma as emoções
Me atrofia a razão
Me sinto perdida a cada instante
Como que sofrendo mutações
Só quero de maneira bem natural
Ser eu mesma
Sem perder a paciência
Sem deixar que a loucura me invada o coração
E entender que o primeiro sintoma do amor
É um despertar de esperanças
E de novo ser crianças
Crescer e viver amando até morrer.
♥ Geninha ♥

Nenhum comentário:

Postar um comentário