Seguidores

sábado, 4 de fevereiro de 2012

Delírio de Amor

Na vastidão de meus sonhos, voo até
teu mundo.
Te olho, te toco, te beijo, te amo.
Me sentes, mas não me vês.
Teu corpo todo se arrepia, se contrai.
Uma sensação de paz e prazer te envolve,
fazendo bater forte teu coração.
Mas sonhos são delírios, fugazes, não se
permitem demorar, então saio de ti e ficas
com um leve sorriso nos lábios.
Sabes que estive aí contigo.
Geninha®

Nenhum comentário:

Postar um comentário