Seguidores

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Sem Dor

Quem me olha, quase nem me vê.
Estou sendo absorvida pelos meus
sonhos, neles tudo posso, te tenho
sempre que quero e preciso.
Neles és tão somente meu. Pode até
parecer loucura, mas é assim que sei
viver, sem dor.
Geninha®

Nenhum comentário:

Postar um comentário