Seguidores

segunda-feira, 8 de março de 2010

Confronto

Em vão, no confronto comigo mesmo
Tento te esquecer
Contemplo minha triste realidade
Que me causa choque
Desperta em mim nostalgia
Sem controle das rédeas do meu destino
Sinto cansaço, no íngreme caminho
Que fatalmente terei que percorrer
Para te tirar de mim
e voltar a viver.
Geninha

Nenhum comentário:

Postar um comentário