Seguidores

sexta-feira, 5 de março de 2010

Coração arteiro
Sem juízo, sem medos
É forte, cheio de vida
Bate descompassado
Quando encontra uma paixão
Se entrega, se doa
Não pensa que depois
Pode sentir solidão.
Geninha 

Nenhum comentário:

Postar um comentário