Seguidores

quarta-feira, 10 de março de 2010

Meu Clamor

Uma paz íntima me envolve
Me sinto inteiramente mulher
Curvada diante do nosso amor
Que não me permite entristecer
Clamo por tua presença todos os dias
Vens e trazes contigo
Toda paz e amor
Que necessito para me sentir
Absolutamente feliz.
Geninha 

Um comentário:

  1. Querida Geninha!
    Quem disse que não é uma poetisa? Seu texto é lindo, sensual e enternecedor. Adorei. Meus parabéns!
    Beijos poéticos e de luz em teu coração!
    POETA CIGANO - 12/03/2010
    carlosrimolo.blogspot.com

    ResponderExcluir