Seguidores

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Ardente Poesia

Bocas que se procuram,mãos que
tateiam,corpos suados em êxtase.
Teu amor se esparrama pelo meu
corpo se adentra pela minha pele.
E então explode nosso desejo, que
faz espalhar pelo ar cores e odores.
Tudo à nossa volta se clareia.
Escrevemos nesta hora a nossa
mais ardente poesia,composta
de versos de um amor sem fim.
Geninha®

Nenhum comentário:

Postar um comentário