Seguidores

domingo, 13 de novembro de 2011

Tem dias que param no relógio,
se tornam infinitos.
Em desalinho meu coração bate e
rebate esta saudade, na esperança
certa de que não irás demorar a
chegar.
Geninha®

Nenhum comentário:

Postar um comentário