Seguidores

terça-feira, 25 de maio de 2010

Amor de Verdade

Um amor de verdade
Não teme tempestades
Enfrenta de peito aberto
O frio da solidão
A fúria da ingratidão
Um amor de verdade
Não morre nunca
Apenas adormece no coração
Para renascer ainda mais forte.
Geninha®

Nenhum comentário:

Postar um comentário