Seguidores

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Alma Navegante

Entre a saudade e a felicidade
minha alma navega.
Ondas gigantescas de saudades
me afogam por inteira ,choro .
Um choro doído e triste,sem alarde.
Mas tem dias que vem a calmaria,
o sol brilha e minha alma navegante
reluz de tanta alegria,é quando vens
e trazes nos olhos nossa felicidade
de volta.
E assim minha alma navega vida
afora, ora aqui, ora ali.
Na certeza que um dia aportarei
segura,contigo ,em um cais qualquer
desta vida .
Geninha®

Nenhum comentário:

Postar um comentário